Certos os terraplanistas: você é chato.

O 2D é maneiro, né? #sqn

Chatice. Chato. Achatado. Planamente. Plenamente.

Foi socado e amassou. Achatou-se. É 2D. A involução do 3D.

Da profundidade.

Raso. Shallow. Modinha. Pegou. Rodou. Roleta. Novamente plana. Achatada.

Chata. Chatice. Chateado. Essas letras aqui. Cheias de chatices. Planas. No “papel”. Achatadas. Chatas.

2D fingindo ser 3D? Habilidade do fake. Ilusão de ótica. Simulação. É questão de trabalhar com a iluminação. A luz. Onde ela está. Ainda assim em um plano.

Reto. Uma perspectiva. Os terraplanistas têm razão. Todos são uns chatos. Planos sem planos. Ou melhor, em um único plano. Vivendo no 2D.

Mas não se tratam de perspectivas? Então não há certo nem errado. É ponto de vista. Visando meu plano. Meu único plano. Tudo o que vejo.

Dane-se a profundidade. Eu faço um sombreado nesse plano. Aí vejo o que quero.

Seu outro plano? Não quero. Não e não. Todos chatos.

Planos. Única perspectiva. “Tá bom assim”.

Não seremos nós achatados pela terra no final das contas? A vida não achatará nossas faces chatas para acabar com as chatices? Acabarão elas?

Há quem diga que estou chata hoje. Ou sempre. Pode ser. NO raso a gente chama tudo de chato mesmo, pois é o que se conhece e se vê.

Você é. Eu sou.

Egoístas achatados. Perspectiva única.

 

Parte II

Não quero ser única perspectiva. Não me chame disso. Ou daquilo. Ou só disso. Não faça isso comigo.

Não me achate para caber no seu planismo.

Eu não tenho planos de fazer isso com você.

Estou chateada por vocês.

Seus chatos como eu.

 

Fiquei chata.

Finalizo.

 

 

Comentários

-->

Leia também

Como se auto esquecer

Jura que ainda vem tentando?